O futuro a Deus Pertence

Expressão antiga mas pouco usada ultimamente. Não acho que os antigos, como nossos pais e avós eram ignorantes e menos sábios para usar tantos jargões, ditados e histórias que muitos de nós não conseguimos decifrar se é lenda ou verdade.Pelo contrário, quem consegue se lembrar de um ensinamento vindo de um ditado consegue também se lembrar do sentimento gostoso de poder receber um traçar de caminho, uma opinião, um conselho de uma pessoa mais velha, e que gratuitamente quis o nosso bem.

Dentre tantos ditados que gostaria de usar com meus filhos, caso um dia eu resolva tê-los, este seria um deles: O futuro a Deus Pertence.

Longe de querer demonstrar que não devemos arcar com nossos atos, ter responsabilidade, plantar para então colher! Demorei a entender o que meu pai sempre quis dizer com O Futuro a Deus Pertence. Ainda mais vindo de um pai que sempre gostou das coisas corretas lá em casa.

O futuro, como diz a cultura Maori, não está a nossa frente, mas sim atrás de nós, pois não podemos vê-lo. Com o passado temos aprendizado, histórias e momentos que ajudam a formar nossa realidade.

Nós, humanos acreditamos que o processo é simples. A gente nasce, estuda, cresce, estuda de novo, escolhe uma profissão e pronto.. ta feito! Fazemos inúmeras listas, planos, colocamos no papel tudo que queremos ser e viver. Puxa… a gente esquece que temos uma vida, que moramos em um mundo, em um mundo onde tudo é mutável! Toda a ansiedade se transforma em sessões de terapias e quase que por um triz a gente enlouquece. É o filho que nós não tivemos com 24 anos, mesmo porque a gente tava viajando nessa mesma época, é o cargo importante que não chegou aos 30 mesmo porque você teve coragem de sair do seu emprego e abrir seu próprio negócio que sempre sonhou. É o casamento de véu e grinalda que não chegou aos 25 mesmo porque você quis se dedicar ao seu outro projeto, pode ser uma nova profissão, um empreendimento. É a casa que você ainda não construiu, os imóveis valorizaram tanto e você quis aproveitar a economia pra viajar para algum lugar que sempre quis conhecer.

É nessa hora que esquecemos de ver quantas coisas boas que nós já conseguimos fazer, criar, construir, realizar. Mas o foco está sempre voltado para aquilo que ainda não está riscado na lista do projeto de vida.

É aí que temos que nos dar conta que o futuro a Deus pertence, muitas coisas boas podem deixar de serem feitas para fazermos coisas ainda melhores!

A verdade é cada momento tem sua riqueza, sua importância. Nem sempre a palavra televisionada espelha a verdade. Se fossemos tão críticos com as coisas que nos falam e nos impõe, assim como somos com nós mesmos, com certeza abriríamos mão de vivermos assombrados pelo futuro insondável e poderíamos dizer com sincero sorriso: Estou bem obrigado. O futuro sei que Deus tá olhando por mim 😉

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s