Um dia comum!

Saio de casa ás 6:45, sigo para minha primeira aula de funcional. Tentativa de me comprometer com alguma atividade física, que acredito,  defendo e sei que faz bem e que nos traz grandes ganhos. O não fazer entra na casa do: falta de tempo, mudança de rotina.

Mas enfim, vamos voltar a história do dia.

Saio da aula ás 08:00, banho rápido, café e carro.

Incrível como em uma hora tantos assuntos diferentes podem ter ocorrido, e o celular, que longe de ser um aparelho só para amigos já está bombando de notícias. Na maioria das vezes, ninguém te chama as 7 da manhã para avisar que está tudo bem.

Junto com o café, um suspiro profundo, dedos digitando, áudios e recados. A mente busca e parece guardar a enxurrada de narrativas que acabo de receber.

Escovo os dentes , continuo a digitação e me vejo usando o tempo do elevador para terminar um argumento.

Carro, talvez trânsito e escritório.

Aquela frase: Que bom que você chegou soa como: Nossa você tem que me ajudar.

Não há fórmulas prontas. Não há receitas. Existe tempo, erros, aprendizado.

Hoje em dia, tento antes de tudo, pensar antes de tomar qualquer atitude.

Aprendi que fazer as coisas com a cabeça quente e sem pensar só leva a erros e arrependimentos.

Em 2 horas ou uma manhã, a quantidade de temas dos problemas chega a ser engraçado e como cada um requer uma metodologia, a mente precisa ser ágil e com sensibilidade decodificar detalhes que revelam o todo. Pois nem tudo que parece, é.

Procuro dar atenção para todos que me procuram, ás vezes deixo a desejar.

Ajo por intuição, com cautela e com carinho.

Acredito que gostar do que faço facilita as coisas, transformando o dia cansativo e intenso em algo desafiador e empolgante.

As urgências de amanhã já estão listadas no incansável Smartphone. Ah! Não vai caber a aula de funcional! Pena!

Nossa vida é diante de toda a inesgotável complexidade do mundo, tomar decisões, sempre pensando no melhor para a empresa e para as pessoas que estão nela inserida. Na maioria das vezes não dá para distinguir se a decisão foi certa ou errada. O melhor é manter-se atento e se esforçar ao máximo para fazer as melhores escolhas. E estar preparados para as consequências.

Vamos em frente, amanhã tem mais 😉

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s