O medo da solidão

Em um mundo em que nunca estamos sozinhos ou desconectados é muito natural que tenhamos medo do silêncio, da solidão.
A solidão sempre foi vista como negativo e depressivo, quase que afirmando que ficar com você mesmo seja ruim.
É claro que nos divertimos numa roda de amigos, numa balada barulhenta ou em um jantar movimentado.
Conviver faz parte de nossa vida!

Mas temos que parar de oferecer gratidão por aquela pessoa que mora sozinha, que viaja sozinha, que se encontra solteira.
É normal ouvirmos com cara de piedade, algo do tipo: Nossa mas justo você está solteira?
Ou então: Mas você mora sozinha? Que solitário.
Deveríamos pensar que pode ser opção, escolha, fases da vida etc etc.
Deveriamos antes de tudo entender que a felicidade é uma palavra “funda” que merece milhões de interpretações, portanto antes de tudo, é preciso se conscientizar e respeitar que o sentido da felicidade de um, nunca será o mesmo para o outro.

Quem sabe se com mais silêncio, mais “solidão” a gente se conhece profundamente e vira a melhor companhia da gente!
Dai então seremos melhor companhia para o outro!

Vale a pena tentar, né? 😉

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s